Equinócio da primavera

Os dias tornam-se agora longos, o ar menos cortante e a fertilidade da terra evidente. A paisagem preenche-se de verde vivo e fresco e os corpos enchem-se de vontade. Há clorofila por todo o lado.

TRAÇA I

Criação Mickaella Dantas em colaboração com Sara anjo

Interpretação e captação de video Mickaella Dantas

Edição e Montagem Joana Linda

Sonoplastia Artur Pispalhas

Para este vídeo trabalhamos a partir do princípio de que no começo era o movimento, a vida embrulhada na Terra. Os corpos, tantos e tão variados, fundiram-se até se erguerem sobre os dois pés, oscilando e visando o equilíbrio, pois os corpos são campos de forças atravessados por mil vectores, tensões e fruições.

Solstício de Verão

O calor que absorve o dia e a brisa fresca que corre no entardecer são coisas elementares, que transfiguram as sensações do corpo ao longo do Verão. A cognição é sempre um processo que tem por base a sensação.

TRAÇA II

Video de Joana Linda

Interpretação Flora Détraz, Nádia Yracema e Sara Anjo

Sonoplastia Artur Pispalhas

Neste vídeo trabalhamos a partir do seguinte more: "caminha para a periferia. Pára. Caminha na periferia. Pára. Pára num ponto. Pára para sentires que não páras. Caminha no limite. Pára no limite. O que é que te faz parar? Caminha no entremeio. Qual é o teu meio?"