EM FORMA DE ÁRVORE
SHAPED AS A TREE

1/5

© Luís Martins, Nellie de Boer  

© Cláudia Varejão  

Esta peça procura a quietude como ponto de partida, como escuta do que está latente e de como essa latência que é também potência, emerge, expande, explode ou implode, mapeando intensivamente o corpo com o espaço e tempo envolvente.

Parte também de uma pesquisa focada em práticas contemplativas, meditativas e extáticas desenvolvidas em diálogo com espaços exteriores, como os do meio natural e espaços interiores de contexto performativo, como os estúdios e os teatros.

I woke up standing, allowing myself to remain firm, feeling stillness in life.

This piece, seeks for stillness, as a starting point. Seeks for what is latent and how this latency becomes potency, emerging, expanding, exploding or imploding as an intensive map of time and space involved in the body.
It takes part of a research focused on contemplative, meditative and ecstatic practices, developed in dialogue with outdoor spaces, such as the natural environment and indoor spaces of performative context, such as studios and theatres.

 

Criação e interpretação (Creation and interpretation) Sara Anjo

Sonoplastia (Sound design) Madalena Palmeirim

Colaboração artística (Artistic collaboration) Teresa Silva, Margarida Mestre e Shelley Etkin

Desenho de luz (Lighting Design) Artur Pispalhas 

Apoio à criação (Support) Das Choreography, DasGraduate School, Negócio/ZDB, Fórum Dança

Co-produção (Co-production) Associação Zé dos Bois

Agradecimentos (Many thanks to) Ana Mira, Jeroen Fabius, Maria Gil, Maria Ramos, Rui Catalão e Tânia Guerreiro

Apresentado em (Presented):

OutNow Festival, Bremen - Germany, 3 - 4 June, 2017

Festival Condomínio, Largo das Residências, Lisboa, 11 de Fev, 2017

DansMakers Theatre, Amsterdam, 2 - 4 June, 2016

Negócio - Galeria Zé dos Bois, Lisboa, 11 - 14 May, 2016 (estreia/premiere)

 

© Sara Anjo 2018