CAMINHAR 
WALKING 

1/6
© Joana Linda
© Joana Linda
© Carlos Carneiro

Caminhar é um projecto de pesquisa do Teatro do Silêncio, que tem sido desenvolvido desde 2012, cujo conceito é ligar o corpo ao território através do acto de caminhar.

Nestas caminhadas não se procura criar uma estética particular, mas destabilizar conceitos como espectador e performer, criando comunidades temporárias.
A performance é a linguagem que melhor enquadra estas caminhadas, sendo aqui,
performance, entendida como acontecimento, algo que não foi completamente planeado, mas emerge das interações entre público, performers e território.

 

Walking is a research project from Teatro do Silêncio, developed since 2012, that attempts to connect the body to the territory through the act of walking.

In these walks we do not seek to create a particular aesthetic, rather to destabilize concepts like spectator and performer, creating temporary communities.

Performance is the language that best fits to define these walks. Performance seen as an event, something that was not completely planned, but emerges from the interactions between public, performers and territory.

CAMINHAR PARA UNIR TERRITÓRIOS

WALK TO CONNECT TERRITORIES

Em 2018 e 2019, em co-produção com a Associação Materiais Diversos, criaremos duas caminhadas participativas, nos concelhos do Cartaxo e de Alcanena. Por um lado, pretende-se unir os territórios onde a Associação Materiais Diversos desenvolve o seu trabalho, por outro lado, pretende-se revelar as identidades
desses territórios, problematizando as suas tensões e idiossincrasias.

 

Between 2018 and 2019, in co-production with Associação Materiais Diversos, we will create two participatory walks in the municipalities of Cartaxo and Alcanena. It is intended to unite the territories where the Associação Materiais Diversos develops its work, in order to reveal the identities of these territories and problematise it's tensions and idiosyncrasies.

Direcção (direction): Maria Gil
Co-Criação (co-creation): Carlos Carneiro, Maria Gil e Sara Anjo
Design Gráfico e Registo Fotográfico (graphic design): Joana Linda
Produção Executiva (executive production): Vanda Cerejo – Teatro do Silêncio e Silvana Ivaldi – Materiais Diversos
Colaboração (collaboration): Projecto Palhota Viva, EcoCartaxo
Residência Artística (artistic residency): Biblioteca Municipal Marcelino Mesquita
Co-Produção (co-production): Associação Materiais Diversos
Apoios (supports): Câmara Municipal do Cartaxo, Junta de Freguesia do Cartaxo, Centro Cultural do Cartaxo, Ateneu Artístico Cartaxenense, Lavricartaxo-Cooperativa Agro-Pecuária do Cartaxo C.R.L., Igreja São João Baptista; Escola Básica Marcelino Mesquita
Agradecimentos (thanks to): Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 1120 Cartaxo, Alfredo Lobato, Carlota Lomba, Miguel Leal, Rafaela Coelho


O Teatro do Silêncio é uma estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura | Direcção Geral das Artes e pela Junta de Freguesia de Carnide. (Teatro do Silêncio is supported by Républica Portuguesa - Cultura | Direcção Geral das Artes  and the City Council of Lisbon and Carnide Parish Council).

CAMINHAR PELA FRONTEIRA
WALKING IN THE BORDER

Esta caminhada pretende tornar visíveis algumas das fronteiras físicas e políticas do território na qual a cidade de Lisboa está inserida. As fronteiras serão reveladas à medida que caminhamos e mergulhamos na paisagem. Serão realizadas provocações artísticas que se focam essencialmente nos processos de formação, alteração e gestão das fronteiras por parte das comunidades e agentes de poder. O corpo será a ferramenta metodológica indispensável para esta caminhada. No final, realizar-se-á uma análise original sobre um tema tão presente na actualidade.

 

This walk attempts to make visible some of the physical and political borders of the territory in which Lisbon city is located. The boundaries will be revealed as we walk and plunge into the landscape. Artistic provocations will be proposed, focused on the process of border formation, change and management by local communities and agents of power. The body will be the indispensable methodological tool for this journey.

Co-criação (co-creation): Maria Gil, Sara Anjo e Carlos Carneiro
Produção Executiva (executive production): Carlos Carneiro
Produção (production): Teatro do Silêncio 2017 
Parceria (partners): Projecto Pulsar da Junta de Freguesia de Carnide
Projecto apoiado pela Câmara Municipal de Lisboa e inserido na Passado e Presente - Lisboa Capital Ibero-americana de Cultura 2017. (Project supported by the City Council of Lisbon and Carnide Parish Council. Develop in the context of Lisbon Ibero-American Capital of Culture 2017)

Caminhada pela Fronteira de Lisboa (walk through Lisbon border), 19-22 Oct, 2017.

Caminhada pela Fronteira, Festival Materiais Diversos, 17 Set, Minde.

© Sara Anjo 2018