AS ESTRELAS LAVAM OS TEUS PÉS
STARTS WASH YOUR FEET
1/4

© Manuel Moreira

© Flávio Pereira

As Estrelas Lavam os Teus Pés é um espectáculo que propõe uma visão para a infância do universo intrigante e desafiador do pintor Hieronymus Bosch, através do seu quadro Jardim das Delícias.

Serviu de inspiração à peça o poema Para Uma Polinização Bárbara, do Tratado de Botânica de Joana Serrado: «As estrelas lavam os teus pés. Dos teus pés crescem delícias. Logo, as tuas pernas são estrelas em delícias-estrelícias.». Com este ponto de partida para olhar o Jardim das Delícias de Bosch foi explorado em movimento coreográfico o imaginário infindável deste quadro, onde o corpo na sua multiplicidade cria movimento transformando-se em jardins e em delícias, em monstros e noutras perícias.

Se nos deitarmos no chão numa posição invertida do corpo e levantarmos as pernas com os pés altos, lá no topo, será que as estrelas lavá-los-ão? E se nos levantarmos e esticarmos o braço, será que conseguimos agarrar uma estrela, comê-la e tornar o nosso corpo brilhante?

As Estrelas Lavam os teus pés é um espectáculo que propõe uma experiência de “imagiação”, onde a imaginação é o motor para a magia acontecer e onde o acto de brincar faz-nos conhecer o mundo de outra forma. Este espectáculo cria, assim, um espaço lúdico de imagens em movimento, onde o corpo encontra formas híbridas entre animais, instrumentos e objectos, como se fosse um ritual de transformação.

The Stars Wash Your Feet is a performance that proposes a vision for toddlers of the intriguing and challenging universe of the painter Hieronymus Bosch, through his painting "The Garden of Earthly Delights".

The poem "For a Para Barbarian Pollination", from Joana Serrado's "Botanical Treaty", also inspired the piece: "The stars wash your feet. Delights grow from your feet. Therefore, your legs are stars in delight-stars" (free translation from portuguese). Having this poem as a starting point to look at Bosch's endless imagery  it was explored a choreographic movement, where the body in its multiplicity creates movement transforming itself into gardens and delights, monsters and others.

 

Will the stars wash our feet if we lie down on the floor in an inverted position of the body and lift the legs with the feet high, until the top? And if we stand up and stretch our arms, can we hold a star, eat and turn our body bright?

"Stars wash your feet" it's a performance that proposes an experience of "imagination" where imagination is the starting point for magic to happen. And where to play make us know the world through a different form. The space created is a playful space of moving images, where the body finds hybrid forms of animals, instruments and objects, as if it was a ritual of transformation.
 

 

Concepção artística e Interpretação (Artistic concept and performance) Sara Anjo

Composição e Interpretação Musical (Performance and Music Composition) Madalena Palmeirim

Assistência Artística (Artistic Assistance) Teresa Silva

Figurinos (Costume) Sara Anjo

Apoio à Criação e Co-produção (support and production) Fábrica das Artes - CCB

 

Uma encomenda de Fábrica das Artes - CCB 2018

Apresentações (presentations):

2019

Solar dos Zagalhos | Almada |7 de Dez

2018

Fábrica das Artes | Lisboa |7 a 17 de Abril

© Sara Anjo 2021